Criadores de software querem enriquecer com rede social

October 5, 2007

Milhares de criadores de software estão desenvolvendo recursos para o site de redes sociais que vem crescendo mais rapidamente, e muitos deles esperam que isso lhes ofereça oportunidade de enriquecer em companhia dos funcionários da empresa. O Facebook, sediado em Palo Alto, na Califórna, abriu seu serviço a criadores externos de software, no segundo trimestre, convidando-os a criar ferramentas para o site e tentar lucrar com elas. De lá para cá, mais de quatro mil aplicativos inundaram o serviço, apimentando-o com jogos, programas fantasiosos que permitem transformar amigos em zumbis virtuais, e ferramentas mais práticas que possibilitam aos usuários exibir seus livros, filmes, vinhos e músicas favoritas em seus perfis.

A onda de atenção dos usuários e criadores de software causou uma disparada nas estimativas de valor da empresa para a estratosfera da Internet. No mês passado, quando surgiram informações de que a Microsoft estava considerando a possibilidade de investir US$ 500 milhões no grupo, as avaliações da empresa criada três anos atrás atingiram a marca de US$ 15 bilhões.

Agora parece que essa exuberância infectou todo o crescente ecossistema Facebook, ainda que ninguém até agora tenha provado que é possível construir um negócio lucrativo e com receitas sustentáveis no site.

Alguns criadores de software informam que faturaram dezenas de milhares de dólares em publicidade com os aplicativos que desenvolveram. Mas seus aplicativos em geral veiculam anúncios que alardeiam as virtudes de ainda outros aplicativos para o Facebook ¿ uma situação que lembra a de alguns dos primeiros garimpeiros da corrida do ouro norte-americana, que tentavam ganhar a vida vendendo picaretas a outros garimpeiros. E os criadores de software precisam bancar o custo de hospedar seus aplicativos em servidores próprios.

Mesmo assim, o setor de capital para empreendimentos no Vale do Silício está criando fundos dedicados inteiramente ao investimento em ferramentas para o Facebook. Empresários de Internet estão mudando o foco de seus negócios para concentrá-los no site de redes sociais. Alguns dos aplicativos mais populares estão sendo vendidos ¿ ocasionalmente, por preços da ordem das centenas de milhares de dólares -, mas apenas quando as idéias de compradores e vendedores quanto ao potencial do Facebook são semelhantes.

Lance Tokuda, presidente-executivo da Rock You, de San Mateo, Califórnia, disse que o preço seria alto para quem desejasse comprar o mais popular dos widgets que sua empresa de 20 funcionários desenvolveu para o Facebook, chamado Super Wall. “Se você me oferecesse US$ 10 milhões, eu responderia que não”, disse Tokuda, 41.

Via: adnews

Compare Preços: SmartFones, Cameras Digitais, Dvd’s, Cartão de Memória no Buscapé

del.icio.us add to del.icio.us

Advertisements

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s

%d bloggers like this: